A importância de se resgatar o trabalho voluntário no Brasil

A importância de se resgatar o trabalho voluntário no Brasil

A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em norma-padrão da língua portuguesa sobre o tema: A importância de se resgatar o trabalho voluntário no Brasil. Apresente proposta de ação social que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

TEXTO I
A cada ano, milhares de pessoas de todo o planeta trabalham como voluntários da ONU. De acordo com as Nações Unidas, voluntário é o jovem, adulto ou idoso que, devido a seu interesse pessoal e seu espírito cívico, dedica parte do seu tempo, sem remuneração, a diversas formas de atividades de
bem-estar social ou outros campos. O voluntariado traz benefícios tanto para a sociedade em geral como para o indivíduo que realiza tarefas voluntárias. Ele produz importantes contribuições tanto na esfera econômica como na social e contribui para a uma sociedade mais coesa, através da construção da confiança e da reciprocidade entre as pessoas. Ele serve à causa da paz, pois abre oportunidades para a participação de todos.
O trabalho voluntário e a ONU. Disponível em: https://nacoesunidas.org. Acesso em: 7 abr. 2019 (fragmento).


TEXTO II
Número de brasileiros que realizam trabalho voluntário cresce 12,9% A pesquisa Outras Formas de Trabalho 2017, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostra que 7,4 milhões de pessoas realizaram trabalho voluntário em 2017, o equivalente a 4,4% da população de 14 anos ou mais de idade. O aumento foi de 12,9% em comparação a […] O perfil dos voluntários no país é prioritariamente de mulheres que têm uma série de atividades extras, além de trabalho e afazeres domésticos. […] Em relação à idade, a participação nessas atividades é maior entre as pessoas mais velhas: em 2017, 2,9% dos que têm 14 a 24 anos faziam trabalho voluntário; a proporção sobe para 4,6% entre os de 25 a 49 anos; e para 5,1% entre os que têm 50 anos ou mais. Nas regiões Norte e Nordeste, no entanto, a maior taxa foi a do grupo de pessoas de 25 a 49 anos de idade (6,9% e 3,6%, respectivamente).
OLIVEIRA, Nelmar de. Disponível em: http://agenciabrasil.ebc.com.br. Acesso em: 7 abr. 2019 (adaptado).

TEXTO III

Antes da pandemia de covid-19 provocar mobilizações de solidariedade, o trabalho voluntário estava em trajetória de queda no país, mostram dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Continua (Pnad Contínua), referente a 2019, divulgada nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O trabalho voluntário foi realizado por 6,9 milhões de pessoas no país no ano passado, 300 mil a menos do que no ano anterior. Dessa forma, a proporção de pessoas a partir de 14 anos de idade dedicadas ao trabalho voluntário caiu de 4,3% para 4%. Disponível em https://valor.globo.com/brasil/noticia/2020/06/04/ibge-antes-da-pandemia-trabalho-voluntario-estava-em-tendencia-de-baixa.ghtml. Acesso em 01 de agosto de 2022